domingo, 30 de setembro de 2007

...movimentos lentos...


Acordaste-me na madrugada, seguravas-me com força, a tua mão não parava de fazer movimentos lentos e a tua língua, quente e húmida, saboreava-me com gozo. Sentiste a minha respiração alterar-se, vi-te sorrir e beijando-me foste subindo até me encontrares, esperando por ti num ardente beijo devorador. As minhas mãos procuraram os teus seios excitados pelo desejo que agarrei e lambi até sentir que tu pedias mais… beijei-te mergulhando na tua boca, e as nossas línguas quase nos sufocaram, contraíste-te quando segui pelas tuas coxas, penetrei-te com um dedo, devagar e depois mais rapidamente, como sempre me disseste que gostas. Punha-me louco sentir o teu cheiro, e excitava-me demasiado ver como reagias aos meus beijos no teu pescoço que oferecia resistência e logo depois delirava. Castigavas-me quando depois do primeiro orgasmo sentias que eu te tinha tomado e querias dominar-me, devagar descias de novo, fazias me entrar na tua boca e aos primeiros sons já não paravas mais até eu te implorar que parasses antes que eu explodisse. Montavas-me lentamente, sentindo cada pedaço de mim entrar em ti, segurava-te e balançávamos os dois sempre que não me prendias as mãos e impunhas o ritmo, com os meus olhos nos teus alcançámos nessa noite um prazer simultâneo. Adormeceste nos meus braços, depois de termos partilhado um cigarro, tentei não adormecer e ficar a olhar-te, levemente iluminada pelos primeiros raios de sol, recordo-me de ter fechado os olhos e adormecer abraçado a ti, murmurando baixinho que estivesses ali quando eu acordasse.
Escrito e oferecido por um " Grande Amigalhaço" ... Viggo : )

14 comentários:

Op.Louca disse...

Viggo...

Surpreendeste-me com o que me enviaste....Opah não contava com tal, muito menos que me pedisses para postar, mas como sou Louca...aqui está! Andas doidaço é?!? Ou muitas saudadecas da je, hum, hum????

Já agora, bateu-me a curiosidade, " Adormecemos", em qual dos meus 3 sofás, heim??
Será que me podes avivar a memória?

Beijinho Ardente :)

Viggo disse...

Louquinha...

Sabes a maneira especial de como eu gosto de te surpreender, e depois de tanto tempo tinha que ser diferente...
Ardo em saudades. Não chegámos a adormecer, porque quisémos mais.Queres que te recorde?

Beijinho em Gogo ;)

sveronica disse...

Uau! Foi lá na alma...

beijos

Doce Venenosa disse...

Hum...
Quente numa noite ventosa e fria...
Soube bem...
Beijo minha Doce Loucura...
bem aí
**

Repórter disse...

Transcreve-se uma noite (tem que ser noite?) de amor lúcido e bem temperado.
Gostei do que li.

Beijo, Louca

Rosas_de_Fogo disse...

Parece-me que sempre acabaram por adormer ... será que importa em que sofá o fizeram ... o importante é que foi uma linda noite de amor.

Parabens ao teu amigo, afilhada Lindona, que tão bem sabe escrever.

Beijokas com muito carinho

Ki disse...

Comentário fútil e terrivelmente igual para todos os alvos: tens um desafio no http://www.catacumbas.blogs.sapo.pt.

Algum dia tinha que ser !!

Ki disse...

Ganda texto pazinha foste tu a musa inspiradora ou só transpiradora de tais audaciosas aventuras?? Pede ao Viggo que escreva mais sobre essas noites, tardes e manhãs escaldantes...brrrr e aqui tanto frio e chuva!!

Beijos ;)

Curioso disse...

Op

Cada toque, cada movimento lento, cada carícia,cada olhar, cada beijo trocado, tem sempre um sabor especial que fica, que nos marca, e que só nós podemos aceder a esse momento.

Toques delicados, sentidos, que se plantam dentro de nós cuidadosamente como quem planta uma flor num jardim. Mas a menina, consegue ser pior que erva daninha, vem, e apodera-se de tudo o que a cerca.

Bom, falemos do post, muito bem (d)escrito, gostei de ler, embora tivesse preferido nem ter cá entrado.

suruka disse...

Belo texto. Muito bem descrita
toda a acção.
Sabendo eu que a autora do blog é uma " menina ", confesso se é que posso, por momentos fiquei confuso.

Mas lá bem no finalzinho, está tudo explicado, huffffff.

bjs ( boa semana )

Lu@r disse...

A musica condiz com as palavras.
A Jane encanta-me com a sua sensualidade.Já lá vai uns anos mas marcou uma época.

Beijo

Anónimo disse...

És um enigma perigoso de se decifrar, as tuas palavras são veneno que entram como punhais.
Satisfeita?

C.B

Marquês disse...

Olá querida louca, não me tens visitado ultimamente, ando cheio de saudades de V. senhoria.

Op.Louca disse...

Marquês...

Não posso estar sempre à disposição de Vossa Exclência, sabe como é...Uma Louca como eu tem muitos afazeres, quanto mais num seja, andar metida em loucuras, que a si não lhe dizem respeito!!! E se está assim tão saudulento, ora..Venha(se) mais vezes à minha humilde barraca, que será muito bem recebido.

Mas para que seja mais bem recebido, avise-me com antecedência...que mandarei preparar um jantar à luz das velas, abrirei um Cabernet sauvignon Et Merlot, para o poder-mos degustar, por um cálice ( que eu cá sei ) ao som do cre(pitar) da lareira.

:)