sexta-feira, 12 de outubro de 2007

...



O seu Violino estava esquecido, colocado a um canto de uma prateleira cheia de pó….
Mas algo o fez lembrar-se dos seus velhos tempos em que tocava como ninguém, isto era o que diziam as vozes que ele escutava murmurar num tom quase irreconhecível.
Encheu-se de coragem, dirigiu-se à prateleira, estendeu os braços, e, como as mãos tremiam!!!! Aquela saudade, aquele sentir da melodia, que lhe fazia deslizar lágrima, após lágrima envolta do seu rosto envelhecido.

De súbito, escuta-se um violino tocar, desafinado, pela ausência das suas carícias.
Ele decide então afinar o violino girando as cravelhas para trás e para a frente a fim de retesar ou afrouxar as suas cordas…...retomou-o novamente, e voltou a colocar-lhe o arco com precisão em movimentos sincronizados da sua mão esquerda….soltou-se uma melodia que fez embalar os ouvidos de quem o escutava, naquele som produzido pelas cordas, que se envolviam no corpo oco do violino…Ele, de olhos fechados, deixava-se guiar pelo bater do coração, bebia cada suspiro da melodia que tocava, vindo-lhe à memoria os tempos da sua adolescência.

Cada pensamento que tinha, transformava-se amigavelmente com os gestos num trecho da melodia, eram palavras silenciosas que pairavam naquele salão escuro, misturadas com o cheiro a mofo, que se soltava daqueles cortinados de veludo bordeux, que contrastavam com o tom negro dos sofás. Repentinamente algo o fez parar de tocar, abstraiu-se e começou a olhar em redor, aquele lugar que tanto lhe dizia, que tanto amava, estava turvo, sentiu-se arrepiar, deu um salto, abriu os olhos, e as lágrimas caíram-lhe abusivamente pelo rosto, pois tudo aquilo, era nada mais, nada menos um Sonho de volta ao Passado!
( . : . )

14 comentários:

Marquês disse...

Op. minha querida, é impressão minha ou andas a inspirar-te lá na alcova?

Op.Louca disse...

Ora, ora quem cá temos no Rio da “Lavadeira”, veio humedecer as pontas dos deditos?? Já estavam cansaditos de tanto....( você sabe ), que necessitou de os molhar para passar a dorzita?!? Oh..pobre Marquês, compreendo, mas poderia ter ido molhar os deditos num outro local não? Deu-se ao trabalho de vir a tão longe, posso saber a que devo a honra de tão inesperada visita?;)
E para sua informação este post já o tinha em rascunho antes de ter colocado o Post que dediquei a Vossa Senhoria, Condessa e CamaReira, só que a nossa Condessa, estava tão entusiasmada, para ler o que daqui sairia, que o deixei estar guardado, logo, a inspiração não veio de Alcova coisíssima nenhuma!
Eu lá era capaz de me inspirar de tão belas palavras dedicadas a alguém que adoro, num antro de Perdição?!? Ah, e não me venha dizer que não vê a dedicaçao, porque para quem está escrito entenderá!
Poupe-me à sua Ironia.

Mas já agora aproveite e diga à sua fiel CamaReira para vir ver a imagem que cá tenho, porque isto sim é um Violino. Pois as desculpas esfarrapadas que foram dadas lá na Côrte, a mim não me convenceram.

Lu@r disse...

Bem deu-me umas saudades da minha viola, que nem te conto...
Ainda hoje vou passar onde a deixei e dedilhar um pouco.

Gosto de ti e tu sabes disso

Beijo suave

Op.Louca disse...

Lu@r se quiseres posso emprestar-te a minha Viola de 6 cordas.. diria que guitarra clássica.....Mas se preferires eu passarei a ser a 7ª corda....mas toca-me com jeitinho para não me desafinares!

Ou não levas mais miminhos meus hj ;P

Beijinhos : )

Doce Venenosa disse...

Ao som desta melodia me encantei
Doce beijo
***

Op.Louca disse...

Doce Venenosa...

Tratarei de a inspirar mais vezes, numa melodia de uma Noite de prazer. : )

Beijinho

sveronica disse...

Nada como ouvir um violino!
Deix-te um beijo e desejos de um ótimo final de semana!

suruka disse...

Mas que bem
pena ter sido um sonho.

Op. louca, adoro a maneira como
escreves:
- " girando as cravelhas para trás e para a frente a fim de retesar ou afrouxar as cordas do violino "

Acredita está demais. É divinal.
Proximo fim de semana vou lembrar-me de certeza e sempre que esteja a afinar a minha guitarra.

bjs ( encantado )

Op.Louca disse...

SVeronica...

De facto sabe mesmo bem escutar o som de um Violino a gemer, se bem que prefiro o som de uma guitarra a trinar... :)

Beijinhos

Op.Louca disse...

Suruka meu querido...

Aqui a Louquita por vezes lembra-se assim de uns termos técnicos, embora ande muito em baixo de forma, faz tempão que não coloco os meus deditos nas cordas ( ou trastes ) da minha guitarra, quem sabe, um dia me lembre de pegar nela e acariciá-la tal qual ela merece.

Beijinhos e um : )

Rosas_de_Fogo disse...

Reviver horas boas mesmo que em sonho é sempre bom.
Senti o toque desse violino ... sonhei também.

Beijokas em tu Afilhada Lindona

Op.Louca disse...

Madrinha Gatona...

Sonhos, momentos de imaginação que nos fazem flutuar enquanto dormimos, bem..eu vi-me dentro de um sonho que era um sonho de outrém, vá-se lá entender estas coisas do nosso inconsciente enquanto dormimos. ;)

Beijinhos

Condessa disse...

Beijo o vosso desdém ao som deste violino de cordas cansadas...!

suruka disse...

Voltei
Para te dizer uma coisa, mas depois do teu comentário, terão de ser duas:

1º. Dizer-te em primeira mão, que aquela frase ( é tão espectacular )
que me encantou, e me alertou para a minha condição de ignorante, vou publicar algo a respeito, sim ?

2º. Muito contente fico ao saber que tens veia guitarrista. ( até tens guitarra ) Feliz do instrumento inerte que é acariciado pelas tuas mãos.

bjs