segunda-feira, 30 de abril de 2007

O Búzio do Amor


Ela voltou aquela praia onde um dia tinha sido tão feliz, caminhou lentamente junto ao mar, a areia macia e molhada eram uma suave massagem para os seus pés cansados de tantas caminhadas pela estrada da vida. A brisa suave daquela tarde morna de primavera trazia-lhe a memoria outros momentos em que junto ao mar ficavam marcados não só um par mas sim dois pares de pés… e sorriu!
No seu passeio a beira-mar encontrou um velho búzio do mar e lembrou-se que um certo dia alguém tinha pagado num e lhe tinha dito
- Encosta-o ao ouvido, vais ouvir o mar e as sereias que contam belas canções de amor…
Ela assim fez e ouviu… fechou os olhos e ouviu a mais linda canção de amor que algum dia imaginou existir.
Pegou então no velho búzio e encostou-o com força ao seu ouvido e ali ficou imóvel a espera de ouvir algum som, assim ficou tempos esquecidos e nada aconteceu, aquele velho búzio não lhe trouxe nem o som do mar nem uma canção de amor… triste e desiludida deixou-o junto ao mar e foi sentar-se a ver o por do sol.
Enquanto o Astro rei fazia a sua caminhada para o ocaso ela ficou ali a recordar, as lágrimas corriam abundantes pelo seu rosto e morriam nos seus lábios, não eram lágrimas de magoa mas sim de uma saudade boa que lhe alimentava a alma e ainda lhe aquecia o seu destroçado coração.
Como por magia a quietude daquele fim de tarde de nostalgia foi quebrado pelo gargalhar de dois jovens namorados que passeavam abraçados junto ao mar, ao chegarem perto do velho búzio ele disse-lhe:
-Olha meu amor é um búzio do mar, o meu pai ensinou-me que se o encostarmos ao ouvido ouvimos e mar e as sereias a cantar uma linda canção de amor, pega ouve
Ela pegou no velho búzio e segundos depois disse enquanto sorria, sim é verdade ouve-se mesmo, pega ouve tu, ele pegou no búzio e passados uns segundos exclamou sim é verdade e é maravilhoso…
Ali ficaram a trocar o búzio entre beijos e juras de amor!!!
Nesse momento aquela mulher que estava sentada a ver o por do sol entendeu que para poder ouvir um búzio do mar não chega amar… mas sim ter alguém que nos ame também!
Escrito por Negra_Tulipa

8 comentários:

Ki disse...

De repente e não mais que de repente (como dizia Vinicius...) fiquei sem ver claramente, envolvi-me nessa história embrulhada em palavras, acabei por chgar a outras memórias e acabei indo...

Belo texto titia, porque por vezes as memórias alimentam a alma...

E agora vou sonhar...

Beijos e um sorriso :)

Op.Louca disse...

Tiaaaaaaaaaaa...

Muito Apaixonante, e inesquecivel essa tua história do " Buzio do Amor".

Caminhar por territórios ja caminhados em tempos passados, acabam por nos trazer lembranças, que ainda existem na nossa mente!
Faz-nos pensar duas vezes os porquês de não ser-mos uns " Sem-Limites"!

Bem...resuimdo e concluindo, aqui está um reportório de sentires, sabores, tão bem descrito, que a sua forma quase me leva a sentir tudo isso!

Adorei : )

Beijinhos ao som dessa música ;)

Anónimo disse...

absolutamente lindooooooo.....parece k tava a ler uma historia minha ....beijoca tuli :)..krust

Curioso disse...

Gostei de a 're'ler!
Beijinho ;)

Nick disse...

Pequenas vitaminas que relembramos.

disse...

serio que vou deixar de beber.
a minha cunhada a escrever num blog?
estou bebado decerto.

mas bjs para ti na mesma e depois quando sair da bebedeira eu deixo um comentario como deve de ser

Rosas_de_Fogo disse...

Que bom ver aqui um texto escrito pela minha mana ... Lindo mesmo. Eu já sabia mana, que tu escrevias bem ... vais pensar no que te disse, certo?

Sobre o texto é isso mesmo, se não tivermos, a nosso lado, quem nos ame de que vale amar?
Vive-se sim de lembranças de dias felizes ... contudo recordar é também viver.

Uma beijoka grande nos dois (como sempre)

Sérgio disse...

É por isso que nunca ouvi nada lol
ninguém me ama ...

Melguinha .. tens jeito pa coisa .. Não crias um blog , pk?

Op gostei destes blogs ... tb tens jeito pa coisa .. é de família!

Hoje andei a dar um volta pela "blogsfera" .. eh pah os comentários geralmente são um bocado sentimentalistas ... não? é que eu .. é raro entrar num blog lol não sei , na volta foi de beber ali com o zé .. achei tudo sentimentalista lol mas tb não interessa , o que interessa é que gostei destes dois blogs ... gostei do teu texto melguinha .. um doce como sempre ... //haha

Portem-se ...

Hasta! :)